Em construção
MUCURI    
- -
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Outros
A CIDADE
- -

Situado no extremo sul do estado, exatamente na divisa com Espírito Santo, Mucuri é o primeiro município nordestino para quem chega à Bahia na direção sudeste/nordeste, e o último para quem sai, na direção oposta.

Região de transição entre o Leste e o Nordeste, Mucuri resguarda características muito particulares. Ao jeito baiano, foram incorporados hábitos e costumes mineiros, goianos e capixabas, vizinhos da localidade. A miscelânea cultural abarca também influências da colonização portuguesa e da tradição indígena. Plana, arborizada e com fortes características de cidade-veraneio, Mucuri reserva agitos diurnos e noturnos. Na principal avenida, a Petrobrás, a moçada costuma se reunir ao redor dos bares, lanchonetes e sorveterias. A boa infra-estrutura local conta, ainda, com restaurantes, hotéis, pousadas, butiques e lojinhas de artesanato.

Mucuri possui uma paisagem rara, dominada pelas enormes falésias que chegam a 18m de altura, em meio a restingas e manguezais, Mucuri apresenta 35km de praias descontínuas, recortadas por inúmeros rios e riachos, em uma costa quase deserta e agraciada por bancos de areia que adentram o mar. Destaque para Costa Dourada, reduto da paz e calmaria local ao sabor das marés é um paraíso de praias intocadas envoltas pela natureza.

Distância de Salvador: 
935 km - acesso pela BR-101 e BA-698

Fonte: http://bahia.com.br/cidades/mucuri/

   
-
PONTOS TURÍSTICOS
-

- RIACHO DOCE

Um local característico e peculiar da sua beleza é justamente o Riacho Doce, que divide a praia ao meio: lado sul pertence ao município de Conceição da Barra-ES e o lado norte a Mucuri-BA. Divisa legal entre os dois estados que virou atração dos turistas. Possui uma faixa de areia que, na maré baixa, atinge 100 metros. É pura tranqüilidade.

- COSTA DOURADA

Cartão postal de Mucuri e área de Proteção Ambiental (APA).

O diferencial da praia de Costa Dourada é a tranquilidade oferecida pelo local, uma pequena vila de pescadores, de vida e atividades simples. Em destaque as falésias que alcançam mais de 15 metros de altura, de cor vermelha e areia dourada que emprestam um colorido especial a esse trecho do litoral, principalmente ao nascer e ao por-do-sol. Paraíso de praias quase intocadas envoltas pela natureza, reduto da paz e calmaria local ao sabor das marés. Paraíso este que também é bastante procurado para o turismo de aventura e ecoturismo. Os turistas que a escolhem como destino turístico, contam com os seus serviços de estrutura simples, de barracas de praia, restaurantes e meios de hospedagem, com muita receptividade. Situado exatamente na divisa com Espírito Santo, o acesso às praias de Costa Dourada é por uma estrada de terra com 40 km de extensão, que inicia na BR-101, no povoado de 31 de Março no próprio município, e/ou atravessando a Foz do Rio Mucuri de lanchas, barcos, canoa.

- PRAIA CACIMBA DO PADRE

Praia que guarda uma lenda da época dos jesuítas. Segundo os nativos, a cacimba de águas puras e de cor de esmeralda era protegida por um jesuíta. Com o passar dos séculos, a erosão costeira destruiu o local e formou na costa uma arredondada ilha de pedra que dá característica a boca de uma cacimba modelada, motivo que assim batizou a referida praia de Cacimba do Padre. Seu acesso somente é possível através de uma propriedade privada. As águas cristalinas dão o espetáculo do fundo do mar. É praticamente deserta.

- PRAIA DO GESUEL

O Turista pode apreciar o encontro do rio com o mar e desfrutar das duas opções de lazer.

- PRAIA DOS COQUEIROS

A praia das conchas coloridas também fornece a opção do banho em água doce, pois o Rio das Ostras desemboca nessa praia. Muito frequentada por pescadores e banhistas, dispõe de algumas barracas e restaurantes.

- PRAIA DA VILA

Em frente ao Jardim Atlântico, com infra-estrutura de uma barraca, onde costuma ter festas durante a noite. Ideal para surf e pesca.

- PRAIA DOS LENÇOIS

As areias brancas formando um tapete foi o que originou o nome da praia. Para curtir esta maravilha o acesso é através de uma fazenda de gado.

- PASSARELA ECOLÓGICA DO GIGICA

Criada para ser uma simples passagem de pescadores dando acesso à praia, a Passarela Ecológica Gigica tornou-se, em poucos anos, um dos mais importantes atrativos ecoturísticos de Mucuri. Hoje, quem percorre os 300 metros da ponte de madeira construída sobre um extenso manguezal, tem o privilégio de admirar o ecossistema costeiro preservado que se entende do mangue até o mar. O nome Gigica vem de um antigo pescador, homenageado após sobreviver perdido no mar durante quatro dias.

Ao final, uma trilha bem leve, em meio à restinga em direção a praia, leva a um pequeno manguezal à beira-mar. Durante a caminhada pela margem esquerda do rio, outras belezas começam a surgir. As praias do Rio, do Mar Aberto e da Boca da Barra surgem em sequência, reunindo particularidades entre mar aberto e águas fluviais que vão deixar o seu passeio bastante variado, fechando em alto estilo a visita à passarela.

Fonte: http://www.mucuri.ba.gov.br/turismo/

 
 
 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

     
Descrição
Descrição
Descrição
Descrição

 
     
Descrição
Descrição